5º CineDocumenta – 2007

 

Em sua quinta edição o projeto foi aprovado junto ao Governo de Minas Gerais com o objetivo de promover a exibição de filmes documentários; fomentar a criação de um público para o cinema documentário nacional e regional; incentivar os realizadores da região do Vale do Aço e do Leste Mineiro; oferecer oficinas na área de cinema e vídeo, bem como democratizar o acesso a um produturo cultural de vanguarda, isto é, o documentário brasileiro, para a população do Vale do Aço e da Região Leste de Minas Gerais. Estiveram presentes na abertura o representante da Secretaria Estadual de Cultura e de fomento à produção audiovisual, o Sr Daniel Queiroz, os diretores Walter Carvalho, Marcos Freder, Brigitte Bentolila e Samantha Capideville. Oficinas de Documentário com Pedro Martins e Direção de Fotografia com Fabián Boal. A 5ª Cinedocumenta foi um passeio pela delicadeza da arte do olhar cinematográfico. Vladmir Carvalho, presente em edições anteriores, retornou com a exibição da sua mais recente obra “O Engenho de Zé Lins”, encerrando a programação da mostra em Ipatinga. “A cada ano a Cinedocumenta vem ganhando mais fôlego, agregando mais pessoas e aumentando o seu público, se firmando como uma das boas opções do calendário de festivais de cinema do país”. A mostra aconteceu de 23 a 30 de setembro, com exibição de uma série de filmes, selecionados cuidadosamente, e realização de oficinas de Fotografia e Documentário, além de debates e palestra com Walter Carvalho. Durante a realização da Mostra atingimos a um público de 05 (cinco) mil pessoas. O público presente às sessões exibidas foi composto por alunos de nível médio, superior e público em geral. Foram mobilizadas escolas da região do ensino médio no sentido de levar seus alunos às exibições. Nas exibições o público foi bem eclético. Identificamos cinéfilos, atores, estudantes, documentaristas.